segunda-feira, 12 de maio de 2008

Estatística: Dava para evitar?


Os conselhos do Tiozão quanto à segurança podem ajudar a prevenir um acidente? Ou será que os acidentes são inevitáveis na sua maioria?
Bem, não é uma pesquisa científica, mas acho que serve como parâmetro.
Coloquei uma enquête em 3 comunidades do Orkut com os seguintes termos:
O seu tombo poderia ser evitado?
1 Não, a culpa foi de outra pessoa, era inevitável
2 A culpa foi de outro, mas eu poderia ter evitado
3 A culpa foi minha mesmo, vacilei.

As comunidades pesquisadas foram a “motonline”, a “eu já cai de moto” e a “Intruder 125”. Com 93 votos percebi que as percentagens não estão mais sofrendo grandes variações e, portanto, apresento aqui os resultados:
20,4% Não, a culpa foi de outra pessoa, era inevitável
23,6% A culpa foi de outro, mas eu poderia ter evitado
55,9% A culpa foi minha mesmo, vacilei.

Vejam que, se houver alguma resposta incorreta, o mais provável é que alguém não se ache culpado mesmo sendo. Ainda assim, mais de metade reconhecem a culpa pelo acidente e cerca de 80% disseram que poderiam ter evitado o acidente (B+C). Apenas 20% dos acidentes foram considerados realmente inevitáveis.
Estou me animando a pesquisar mais...vale a pena

2 comentários:

Helino disse...

Interessante essa pesquisa e a consciência das pessoas de que contribuíram para o acontecimento do incidente, ao invés de botar a culpa nos outros.

Esse reconhecimento é o primeiro (e mais importante) passo.

Juca disse...

Tem que ser considerada que a pesquisa foi realizada em comunidades nas quais o nível dos debates é superior ao da média dos motociclistas.

Frequento a comunidade Motonline, e arrisco dizer que, basicamente, todo "bom motociclista" consegue ver, depois de um erro ou acidente, no que errou e o que deveria ter feito diferente.

Talvez por isso essa culpabilidade tão grande por parte dos motociclistas.