quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Dica de segurança - Ande na Contramão


Sim, é isso mesmo. Ande na contramão.
Mas, calma, deixe eu explicar primeiro.
Uma dos fatores que aumenta o risco de um acidente é a quebra da rotina. Claro que muitos acidentes ocorrem em situações rotineiras, em seu trajeto habitual; até mesmo por conta de um "relaxamento" que pode ocorrer nestas circunstâncias. Mas também é verdade que o risco aumenta bastante quando somos envolvidos por uma situação nova que quebra essa rotina.
Quero chamar a sua atenção especialmente para aquelas coisas que envolvem todo mundo, que tomam conta das pessoas e influenciam o trânsito de um modo geral. Nessas horas, seja diferente, ande na contramão; pode ser a sua única chance de escapar.
Sabe aquela véspera de feriado em que todo mundo está desesperado para pegar a estrada e aproveitar o sol na praia? Já percebeu como todo mundo fica tomado pelo mesmo sentimento?
Já se viu preso em um engarrafamento, com o trânsito bloqueado por um acidente, e todo mundo inconformado de estar ali?
Já curtiu um feriado de carnaval em que todo mundo relaxa e só pensa em festa, exagerando um pouco na bebida e na busca por diversão?
Pois é, é nessas horas que é preciso ir na contramão. Situações desse tipo tiram as pessoas de sua maneira normal de reagir. As emoções, condicionadas pelos eventos externos, movimentam as pessoas numa direção até previsível. Pode ser a raiva de estar preso no trânsito, ou a ansiedade pelo feriado, ou a descontração de um fim de semana na praia; o que há em comum em todas estas situações é que elas influenciam fortemente nossas atitudes e podem levar a situações de risco para o motociclista.
Então, quando você perceber que está todo mundo estressado com o trânsito, mantenha a calma e redobre a atenção. Quando a ansiedade por pegar a estrada estiver dominando os motoristas a sua volta, seja prudente e fique preparado para lidar com atitudes impensadas de alguns. Quando todo mundo estiver bebendo demais é a hora em que você mais precisa estar sóbrio e atento, pois o risco de um idiota bêbado cruzar o seu caminho aumenta. Quando o clima de diversão e descontração faz as pessoas baixarem seu nível de atenção é hora de ir na contra-mão e ser cuidadoso.
Você não precisa andar com medo ou deixar de se divertir, mas é bom estar atento a essa quebra de rotina e mudança de humor que altera o comportamento dos outros no trânsito. Em alguns casos, como uma comemoração de uma vitória da seleção num jogo da Copa do Mundo (coisa rara ultimamente) pode até ser melhor nem sair de moto mesmo.
Não entre no clima. Ande na contramão.

2 comentários:

George Matos disse...

Mais ua vez o tio Youssef nos brinda com um excelente texto, parabens Tio! =P

carolzago disse...

Olá, boa tarde!
Parabéns pelo site!
Bom, meu nome é Ana Carolina e trabalho em uma Assessoria de Imprensa em São Paulo, estou atualizando meu mailing, e vi que não tenho o contato de vocês. Por favor, me mande o e-mail e telefone da pessoa que recebe releases e sugestões de pautas.
Desde já, muito obrigada!
Meu e-mail: rojas.producao@uol.com.br
Outro e-mail: carolina.anazago@gmail.com