sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Bons tempos (de Lambretta)



Muito legais os vídeos acima. Trata-se de uma competição tradicional na Escócia, realizada até hoje (como se vê aqui). Não sei se estou ficando muito saudosista, mas gosto mais do jeitão antigo de se fazer as coisas. Ver as Lambrettas, por exemplo, enfrentando heroicamente uma condição que muitos de nós teriamos dificuldade para vencer até com uma moto de trilha, me impressiona muito mais do que as grandes estruturas e patrocinadores dos tempos atuais. Só para fazer um paralelo com os nossos dias, quem toparia enfrentar isso aí com um scooter moderno como a Burgman ou a Lead?.
Da metade para a frente é que mostra as motos em ação. Divirtam-se.

3 comentários:

Leo_Dueñas disse...

Cruéis essas ladeiras íngremes de pedregulhos; como bem diz o locutor, alguns maiores que as rodas das Lambrettas.

Aproveitando o ensejo, para quem curte Lambretta, publiquei um post no meu blog sobre as Siambrettas: http://motonetaseafins.blogspot.com/2011/02/la-rioja-argentina-no-veo-siambrettas.html

Abraço,
Leo

Drika disse...

Meu pai viajava de lambretta de Florianópolis a Alfredo Wagner. Hoje com asfalto, uma hora de viagem, naquela época, seis a oito horas de serra de chão batido e cascalho solto na pista. Ele sempre diz que uma vez furou um pneu no caminho e ele encheu de samambaias até completar a viagem :)

Fábio Muniz Pinto disse...

Esse é o real sentimento de como "transpor" obstáculos com uma motocicleta, seja de Lambretta ou numa moto apropriada, bacana !!