sexta-feira, 24 de junho de 2011

A Lei da Indecisão


Uma já velha música do Renato Russo dizia "Tenho andado distraído impaciente e indeciso". Pois bem, esse parece ser o hit do momento no trânsito e nas estradas, como bem ilustra o vídeo acima.
A Lei da indecisão é simples e clara: "indecisos decidem errado".
Acredito que apesar de simples (quase banal) a dica de hoje é uma das mais importantes do blog, já que diz respeito a uma situação extremamente comum.
Ao perceber um motorista indeciso, tendo algum comportamento estranho, nós, que também nem sempre somos pacientes, as vezes tentamos logo ultrapassá-lo ou fazer alguma manobra agressiva. Ocorre que, como dissemos, o indeciso costuma decidir errado. Ao perceber alguém fazendo qualquer coisa diferente do normal no trânsito acenda uma luz amarela no seu cérebro, pois é bem possível que esse cidadão venha a causar problemas no trânsito.
Algumas vezes é alguém meio perdido, procurando um endereço e que muda abruptamente de faixa ou faz uma conversão. Outros simplesmente freiam e param em lugares onde não se pode parar. Um carro andando em velocidade mais lenta do que o normal tem grande possibilidade de fazer uma mudança inesperada de direção.
Ao perceber um comportamento indeciso afaste-se do sujeito, diminua a velocidade (se for o caso) ou passe por ele com muita atenção. Não imagine que o indeciso continuará assim; ele poderá decidir a qualquer momento e, provavelmente, decidirá errado.

7 comentários:

Drika disse...

bah, eu sempre uso essa lei, de gente perdida eu mantenho boa distancia, e tb não deixo gente indecisa atras, deixo beeeem atras, por precaução...

Drika disse...

vale ressaltar que na velocidade que vinha o mocinho da moto tb não tinha mto o que pensar...

Youssef disse...

Verdade Drica. No caso do vídeo o indeciso decidiu muito rápido. Por ser uma pista larga talvez o motociclista nem tenha pensado em diminuir a velociadade; parece que apenas tentou tirar um pouco para a esquerda (não sei se dava para fazer mais que isso).
Mas vale acrescentar, se alguém freia assim a sua frente é melhor frear, mesmo tendo espaço para passar; a freada do motorista pode ser um caso típico de indecisos ou talvez ele tenha visto algo que você ainda não vê (um buraco, por exemplo)

rfabrin disse...

excelente post!!

Leo_Dueñas disse...

Mais uma excelente dica do blog que colocarei em prática no trânsito. Comecei tarde nas duas rodas e sou consciente que tenho muito a aprender. A rima é pobre mas faz muito sentido:
Motorista indeciso, vale como aviso
Motociclista impaciente, procura acidente.

Abraço,
Leo

Kleber Klein disse...

Putz!!!!

kuila disse...

quase todo dia vivo isso, mas o que posso dizer é que além da indecisão muitos estão fazendo na realidade é um atalho rotineiro, no meu caminho casa-trabalho-casa, já sei os principais pontos que acontece isso por isso ao chegar perto dessas áreas de risco reduzo a velocidade e dobro a atenção.