quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Saída pela direita



Nos dois vídeos acima vemos o mesmo erro, no mesmo local. Impacientes com o trânsito pesado os motociclistas preferem a famosa "saída pela direita" (só os mais velhos vão lembrar do Leão da Montanha), já que a pista é estreita e a ultrapassagem pela esquerda lhes parecia mais arriscada. O espaço de acostamento à direita é uma tentação incrível para qualquer veículo, e irresistível para o motociclista.
No primeiro caso parece que o mau estado de conservação do acostamento foi a armadilha que pegou o motociclista; parece que é um monte de areia que faz o papel de remendo do asfalto. Não entendi muito bem pela imagem.
Já no segundo caso, a imprudência foi aumentada pela desatenção. Reparem que pouco antes do acidente um carro já havia cortado a pista para entrar a esquerda, cruzando a frente do motociclista. Bastava um pouquinho de observação e cuidado para evitar ser pego pelo próximo a fazer a mesma manobra.
Pelo jeito, saída pela direita só da certo em desenho animado....e dos antigos.
Mais um detalhe: se você der uma olhada com calma no Youtube encontrará mais alguns vídeos de acidente no mesmo local (em Brusque-SC). Aparentemente o número de acidentes alí é bastante elevado. Vale lembrar então outro tópico antigo do blog que falava sobre mapear os pontos mais perigosos e os acidentes mais comuns nas áreas em que pilotamos com frequência (veja aqui)

9 comentários:

Renato disse...

O seu blog está entre os melhores na área do motociclismo. Parabéns mais uma vez!

JJunior disse...

Dias atrás um amigo, que está fazendo residência em ortopedia, apesar de gostar muito de andar de motocicleta, disse que parou devido ao grande número de acidentes com lesões graves que vem acompanhando. Mas o vídeo ilustra bem o argumento que usei naquela conversa.

Anônimo disse...

No final do segundo vídeo tem outro motociclista quase enfiando a cabeça no parachoque do caminhão.
E vários passando pela direita e desviando daquele remendo no asfalto

Anônimo disse...

Interessante a atitude do motorista, no vídeo 2, demorou a descer do carro e nem deu atenção aos acidentados.
Parecia até que ia chutar o cara caído (com as mãos na cintura e observando)

Jarraum disse...

moro em Brusque, a cidade nem é grande, cerca de 90 mil habitantes, mas tem muto carro e moto e poucas estradas, e as estrada mal conservadas, é preciso muita prudência para andar dentro da cidade, mais do que na auto pista.
Parabéns pelo blog Tiozão!

marcelocribeiro disse...

Sou um lambreteiro de fim de semana. Evito comprar uma moto para nao ficar tentado a utiliza-la constantemente. Apesar de andar somentes nos fins de semana, mesmo com pouco trânsito, o risco é grande. Os descassos de muitos motoristas e de motoqueiros impedem o lazer seja 100% prazeroso.

Pakuista disse...

O motoqueiro do primeiro video morreu dias após este acidente. O rodado traseiro do caminhão esmagou os braços e morreu no hospital alguns dias após

Yan disse...

No segundo vídeo o motociclista é uma anta, como não viu um veículo que vinha de frente e pior não pensou na possibilidade de ele querer virar. Já que já tava na contramão, no caso ele não poderia ter freiado antes do cruzamento e esperado um melhor momento de ir? Depois falam que moto é perigosa, não é o motociclista que as vezes é burro. Sempre vejo umas coisas no trânsito que parecem que vão dá merda, as vezes não dão, mas que é não deixa de ser merda e esse é um exemplo.

Yan disse...

Interessante a atitude do motorista, no vídeo 2, demorou a descer do carro e nem deu atenção aos acidentados.
Parecia até que ia chutar o cara caído (com as mãos na cintura e observando)".

Mas nesse caso se fosse eu ia ficar muito puto com o motociclista, arranhou a frente do carro do cara todo, sendo o motorista isento de qualquer culpa, atrazou a vida do motorista todo que tem ficar para prestar socorro e fora os prejuísos, dúvido que esse cara com scooter vai pagar o prejuizo do dono do carro. O motociclista fez merda e você queria que o cara do carro fosse todo preucupado.