quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Projeção no espaço virtual


Nunca ouviu falar disso? Eu também não; acabei de inventar o nome. Mas não se assuste, não é nada tão difícil de entender.
Antes de mais nada é preciso reconhecer que todo motociclista a pratica, é algo que fazemos até inconscientemente.
Vamos tentar explicar: Especialmente no trânsito nervoso das grandes cidades e quando se dirige de forma um pouco mais agressiva, o motociclista, muito mais do que um motorista comum, costuma usar espaços que ainda não existem. A agilidade da moto e sua facilidade de mudar de direção, aliada à rapidez de raciocínio que só um motociclista tem (rsrs), faz com que nos projetemos para um espaço qua ainda vai se abrir. Acontece que, no trânsito nervoso e com motoristas imprevisíveis, nem sempre este espaço surge.
Vamos a alguns exemplos, pois tenho a impressão que ainda não consegui ser claro o suficiente. Ao ver o trânsito começar a parar lá na frente, o motociclista pensa "não preciso frear, vou cair para o corredor", mas, basta que um motorista desatento se posicione mau para que o espaço (que exitia virtualmente em sua cabeça) desapareça; Nesta situação, pode não dar mais tempo para frear e o corredor está emtupido pelo tal desavisado.
Outra situação: O motocilista acelera para cima do carro da frente pensando em, na última hora, jogar para a faixa ao lado, onde ele vê que um espaço se abrirá. Novamente, basta ter um apressadinho ou uma pessoa muito lenta naquela faixa para surpreendê-lo e o espaço não aparecer. Mais uma vez, não da para ir para o espaço que não se abriu e não dá mais para frear.
Projeções no espaço virtual, que não existe ainda mas que, percebemos que se abrirá, é algo que fazemos com muita frequência. Essa dica não é para que você, simplesmente, pare de usar o espaço virtual, mas para alertá-lo sobre o seu perigo. Arrisque-se menos, arrisque menos a vida dos outros. Cuidado com o excesso de confiança, pois o trânsito não é algo exato e previsível.
Se não for atento a isso a "projeção no espaço virtual" pode se transformar em "projeção ao chão real".

6 comentários:

Matheus x) disse...

Parabéns por essa matéria!
eu visito o blog periodicamente, e visito outros sites com assuntos de segurança em motocicleta e jamais havia lido algo sobre esse assunto!
Mais uma vez, parabéns!

ronino disse...

PARABENS MUITO OA UTLIZO A MOTOCA TODO DIA E SEMPRE ASSIM AS VEZES O ESPACO VIRTUAL ME PARA

caramaneirinho disse...

Realidade pura este post...
Tomei muitos sustos até passar a levar a sério essa coisa de "Projeção no espaço virtual" :D

Aliás, muito maneira essa expressão...

- Cara, como foi que vc se fudeu desse jeito? Perna quebrada, nariz ralado?!

- Pô camarada... é que ontem lá na Dutra, acabei por projetar mal o espaço virtual e BANG!

uhauhauhuhaHUAuh

Thiago_XIS disse...

Após cada leitura do blog aprendo mais do que eu ja "achava" saber.
Posso resumir por cada acesso ao blog um novo aprendizado e uma maior responsabilidade em segurança.
Grande abraço aqui do Rio Grande do sul.
Parabéns

Thiago Faccioni
Porto Alegre-RS

cosme40graus disse...

Yous meu amigão eu uso o caminho virtual,ou seja um caminho já existente mas que os motoristas na veem.Se voce começar ecelerar nesse caminho corre o risco de começar a entrar no espaço virtual.Valeu mano.

Juliana & Guilherme disse...

pior que isto seria apenas um cara que nunca andou de triciclo pensar que ainda esta de moto e tentar entrar em um corredor