sábado, 26 de novembro de 2011

Arrivederci Salvatore


Soube que essa semana morreu o Salvatore Balestrieri. Poucos devem ter ouvido falar dele. Italiano, mecânico de motos e preparador de motos de competição nos anos 70.
Eu mesmo, pouco o conheci, mas nas vezes em que o vi, sempre me sentia um menino diante de toda a experiência dele.
Faço questão de colocar aqui uma singela homenagem, pois alguém que viveu de moto e da moto por décadas a fio, até os 80 anos, merece espaço nesse blog.
Não tenho nada pessoal para colocar aqui e quase não há menção dele na net.
Por hora, me limito à foto dos troféus (ja enferrujados) que um amigo me mandou por email. Estão na oficina (Ciró Motos), hoje cuidada pelo filho do Salvatore e onde ele podia ser encontrado até poucos dias atrás.
O Dú Cardim também ajudou contando alguns causos, como esse abaixo:
"Uma vez ele foi Campeão Paulista de 125, com o Mario Pintoni Filho (troquei mail com ele anos atras,perdi contato). Dai pediu uma revenda para a Yamaha, e ela negou, dando para outro cara aqui perto mesmo, vizinho dele que mexia com estacionamento.
Não deu outra, na temporada seguinte correu de Yamaha, mas escrito na carenagem: "Se for comprar moto, compre Honda, é mais moto..."
Quem sempre o patrocinou foi o Dimas da Dimep, eram amigos, e aqui além de mexer nas nossas motinhos, preparava rojões para pista, afinal Sarachú, Gualtiero e ele estavam sempre juntos."
É isso, os troféus enferrujam, a vida se vai. Vivamos com sabedoria o tempo que temos, enquanto temos.

4 comentários:

Anônimo disse...

Esse sim, um "tiozão" de respeito.

TCHEK GANHAR SEMPRE ! disse...

excelente homenagem,em poucas palavras vc consegue passar a verdadeira imagem do grande Salvatore,quanto ao Pintoni (Mario)ex-piloto da equipe DIMEP-BALESTRIERI, acho que esta vivendo em Santos Litoral.Edson Tchek Tché.

Kaio Balestrieri disse...

Kaio Salvatore Balestrieri.

Muito obrigado pela homenagem ao meu avô, essa é uma de muitas e muitas histórias que tem dele, todas muito engraçadas rs....Fico emocionado pela homenagem, hoje o eduardo passou na oficina, combinei com ele e vou separar mais coisas dele e mandar pra vcs, tem jornais, revistas, fotos, carta da HONDA agradecendo a ele por identificar um problema na cg que nem os próprios técnicos descobriram!...

Muito obrigado Kaio S.F.Balestrieri

Kurt Feichtenberger disse...

Conheci o Salvatore, preparava a moto do Pintoni, que andava muito com uma moto bem feita, boa pessoa, mais uma perda para o motociclismo de boas épocas.