terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Curvas perigosas


A dica de hoje é só para os marmanjos.
Não, não são as curvas da estrada, não vou falar daquela serra gostosa de andar, porém muito perigosa, nem mesmo daquela estrada de Morungaba. A questão hoje é outra, são outras curvas.
Todo mundo sabe da atenção que a pilotagem da moto exige e que bastam alguns segundos de distração para um sério risco aparecer. Também sabem o que mais distrai um homem, não é?
Só para ilustrar, tenho um amigo, excelente piloto, tanto no carro como na moto, que vive se acidentando. Eu não compreendia o que acontecia, pois o cara realmente tem muito talento. É daqueles que se daria bem em qualquer esporte motorizado; poderia ser um piloto de muito sucesso ou fazer parte dessas equipes de malabarismo sobre motos.
Porque então o cara vive se acidentando? Bem, bastou sair com ele de carro mesmo para perceber. O cidadão não anda um quarteirão sem olhar para uma mulher na calçada, nem precisa ser muito atraente. Não estou aqui para dar lição de moral em ninguém, muito menos para negar o óbvio (que o homem tem uma atração pela contemplação). Mas é bom avaliar o quanto isso pode estar aumentando seu risco na pilotagem da moto. Analise o custo-benefício (que coisa horrível); um braço quebrado por 3 segundos dando uma "olhada"? Um tanque ralado por um olhar de relance?
Pelo menos enquanto estiver em cima da moto vale a pena buscar um pouco de auto-controle.
Se não o fizer por pensar na segurança faça para escapar do terrível mico de cair da moto por olhar demais para essas curvas tão perigosas.
Para as mulheres talvez eu escreva um tópico sobre isso no futuro, mas no caso delas são as lojas de sapato a distração.

6 comentários:

Thiago_XIS disse...

Opa....
Me vi nesse teu tópico.
A uns 4 anos estava andando de moto por Porto Alegre-Rs me chamou a atenção uma loira linda em uma parada de ônibus, mas chamou tanta atenção que esqueci de dar atenção ao transito que parou na sinaleira (semáforo, farol..), só deu tempo de derrapar a moto e parar embaixo do porta malas de um Santana, ou era isso ou dar no meio de um caminhão que estava na outra pista.
Infelizmente foi assim que aprendi a lição e até hoje conto essa história para a galera que fica cuidando as mulheres enquanto dirigem. Esperando que aprendam com meu erro e não com um futuro erro próprio.
Grande abraço
Thiago
Porto Alegre RS

Falcon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Falcon disse...

Nesse vídeo tem um exemplo perfeito sobre distração no trânsito.

http://br.youtube.com/watch?v=Nbai_fgGMGc

O mané no caso não se distraiu com uma curva dessa do tópico, mas sim em querer andar de moto e ficar cumprimentando os outros (coisa que eu já cansei de ver por ai).
Abraço
Falcon

Dennis disse...

Essa foi otima Youssef,essas curvas sao mesmo perigosas, e não e só para marmanjos nao tah rapaz eita rsrsrs....Todo homen eu acho, esse caso que o nosso amigo citou também aconteceu com um amigo meu, ficar cumprimentando todo mundo como se fosse politico em cima da moto.
As vezes as pessoas se irritam comigo, quando eu estou conduzindo elas falam que eu sou "metido" porque eu nao vejo elas e nao cumprimento ninguem.Confesso que quase sempre nao vejo,olhar para alguem me tira a atençao e meio segundo pode ser minha vida.
Nem acidente de transito eu olho,ainda mais quando todos estao olhando e tem sempre um idiota para frear em cima pra assistir.

Otimo post Youssef, melhor a cada dia...

Luciana Picoli disse...

"Para as mulheres talvez eu escreva um tópico sobre isso no futuro, mas no caso delas são as lojas de sapato a distração."

ARGH!

E não se iluda, eu mesma conheço um caso duma garota de bike que se esborrachou num poste ao contemplar o andar dum moçoilo que passava na calçada hehe

Acontece menos, mas não somos imunes : P

Dê jota Cruz disse...

Meus olhos encheram de agua após ler este tópico... me lembrei de uma situação que ocorreu em uberaba a mais ou menos uns 10 anos quando estava para completar meus 18 anos e infelizemente o condutor da cbx 200 strada que era a coqueluche da época não está mais neste plano espritual para contar. Estava com minha monark as 7 da madrugada indo para o trabalho quando ia caminhando pela calçada uma gata daquelas que para o transito, fiquei contemplando a beleza feminina quando ouvi um forte barulho que desviou meu olhar instantaneamente para o terrivel acidente a minha frente que até hoje me sinto mal ao lembrar, eu não fui o único a olhar para a beldade feminina, um ônibus que ia cortando a avenida em que trafegava reduziu a velocidade para ver a bendita da garota, já o condutor da 200ntinha não reduziu e desatento ao busão que ainda não acabara de atravessar pois quase parou o pesado e enorme veículo para já sabem o que fazer, colidiu a pelo menos uns 90km/h em cheio na
altura dos pneus do ônibus e veio a falecer naquele mesmo lugar. Me senti muito mal a ponto de vomitar meu café da manhã ao presenciar a morte de um homem em minha frente e outro fato que nunca vou esquecer é expressão aterrorizada da jovem beldade ao ver o que sua beleza acabara de provocar...
PS. eu sempre me recordo agora não mais na monark pois tenho uma motoca quando estou no trânsito e vem outra possível desentera família para tentar tirar minha atenção do que para mim depende literalmente minha vida...