sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Sonhar é bom, realizar é melhor.


Não é para qualquer um, é para quem sonha e não desiste. Entre agosto e outubro de 2007, Licínio Cardoso, aos 63 anos concretizou algo que esteve em sua mente por algum tempo.
Em uma viagem solitária, em sua Suzuki Intruder 250, saiu de sua cidade (Nova Friburgo – RJ) e seguiu até Miami – USA, onde veria o nascimento de sua neta. Passou por diversos estados brasileiros sguindo até o Amazonas e dali cruzou fronteiras pela Colômbia e Venezuela, entre outros, totalizando 16.416Km. Parte terrestre: 14.526Km, fluvial: 1.300 e maritima: 600. (64 dias), só na viagem de ida.
Não precisou de muita coisa, somente o que estava no coração, sua guerreira intruder e algum dinheiro; muito pouco por sinal. Por onde passou recebeu ajuda e solidariedade de motociclistas de todo tipo.
Sobre a experiência ele afirma: “Essa viagem era um sonho desde pequeno. Fiquei três anos me preparando. Muita gente me disse que era uma idéia maluca, mas eu não desisti, e não me arrependo... Se é o sonho da pessoa, ela tem que ir em frente e não desistir. Não vou dizer que é fácil, mas se a pessoa tiver coragem e vontade, não deve desistir da idéia”.

Um grande abraço e muita saúde para realizar outras façanhas como esta e nos estimular a sonhar...e realizar.

Mais informações em:
http://www.centercarjf.com.br/aconteceu.aspx?codartigo=8
http://www.gazetanews.com/local_noticia.php?cd_noticia=7482
http://www.brazilriders.com.br/news_detalhes.asp?codigo=635

7 comentários:

Carlos Daniel da Costa disse...

Uma curiosidade, como ele conseguiu entrar em outros países e circular com placa do Brasil?

Isso pode, não tem nenhum problema?

Youssef disse...

Pode sim. Tem que pedir autorizações especiais em cada país que vai passar. Dá um trabalho terrível, sem contar a corrupção que há em muitos lugares.

João disse...

Eu li seu post ontem e fui dormir com a mesma dúvida do amigo acima...

Diga uma coisa, essas autorizações são dadas na hora, ali na fronteira mesmo?

Ass. João Paulo Gonçalves

Youssef disse...

João, eu não tenho experiência (ainda) em viagens internacionais, mas parece que tem que ir nos consulados ou embaixadas dos paízes aqui mesmo antes de começar a viagem. Já sai daqui com os papéis para não ter transtornos pela viagem. No site Brazilriders que está nos links do blog deve ter mais informações.
Abraço.

Brazilian disse...

O nosso grupo teve a oportunidade de conhecer e receber o Sr. Licinio, enquanto em Miami. Ele e sua determinação de tirar o chapéu. Tenho um audio de quase duas horas onde conversamos sobre a viagem de ida ( Brasil-Miami ). Servirá como um tutorial com muitas informações que será uma referência para quem deseja realizar a mesma aventura.
É só visualizar em: www.brazilianriders.com

Mineirin

PUG disse...

Fico orgulhoso, quando vejo um companheiro de 63 anos, fazer essa aventura. Espero chegar com a mesma disposiçao do mesmo. Estou preste a completar 54 anos, e ainda tenho muitos sonhos de viajar com minha intruder 125. Como o próprio disse: TEMOS QUE TER CORAGEM E DISPOSIÇÃO.

Abraços!

Vinicius disse...

eu moro em Friburgo
queria conhecer esse cara
mt coragem!!!!